quarta-feira, 1 de setembro de 2010


TABATA AMANDA

Hoje recebi notícias de minha querida amiga. Há tanto tempo que não a vejo... Ela era um vulcão de sentimentos. Andava pelas ruas chorando ou rindo em demasia, sem se preocupar com os olhos de reprovação dos outros.

Uma vez , quando descobriu que o noivo “Cleberson” lhe traiu com a vizinha, Andreza Jerusa, ficou desesperada e quase foi atropelada por Jorge Luiz de Lavega, uma rico empresário. Os dois se apaixonaram e resolveram se casar logo.

Porém, algo de extraordinário aconteceu, Tabata Amanda se olhou no espelho de um elegante shopping e começou a sentir um vazio profundo. Parecia que estava adormecida há muitos anos. Foi ao salão de beleza e mandou raspar o cabelo, como nenhum cabelereiro aceitou, decidiu comprar uma máquina de raspar e extirpar o longo e bem tratado cabelo. Depois sumiu sem deixar vestígios. As colunas sociais divulgaram a notícia do desaparecimento voluntário da esposa milionário e questionavam o verdadeiro motivo dela fazer isto, já que tinha uma vida perfeita...
***
“ QUERIDO AMIGO DUDU,
Estou feliz e realizada por ter encontrado a serenidade. Quando desapareci, andei sem rumo. Encontrei uma montanha e resolvi ir para o topo. Parecia que uma força invisível me guiava. Horas depois, no cume, vi um templo budista. Resolvi entrar e me senti muito bem, depois de tanto tempo. Um monge me atendeu e me alojou num quarto simples. Foi maravilhoso encontrar este lugar, pois pela primeira vez sentia a paz dentro de mim. Depois de tanto tempo, continuo discípula do monge. Nós nos completamos de tal forma que basta um olhar ou pensamento para nos comunicar. A interação é tão profunda que na meditação chegamos a um prazer cósmico.

ASS. Sua amiga, Tabata Amanda."

***
Fiquei tão feliz por minha amiga...

Postar um comentário