quarta-feira, 27 de outubro de 2010






OUTRO

Um dia, recebeu por e-mail, um comentário de um portal onde publicava alguns textos, elogiando-o. Achou curioso alguém encontrar um escrito seu, pois já tinha muitos anos que não enviava nada ao portal. Estava se dedicando aos estudos e na elaboração de textos acadêmicos, os quais exigiam bastante de seu intelecto.

Acessou o link e releu o texto. Ao término da leitura, sentiu uma sensação de estranhamento. Não se lembrava de tê-lo escrito. O conteúdo estava superficial e alguns pontos confusos. Procurou nos arquivos do computador e encontrou uma mensagem:


“ Olá, eu sou você. Publicarei o texto, mesmo que você se arrependa. Sei que daqui há alguns anos, deixará de vomitar palavras.”
Postar um comentário