domingo, 31 de outubro de 2010


Autor rafael saraiva http://br.olhares.com/transeuntes_foto2947067.html



SELVAGEM

Estômago roncando, saio da toca. Vejo movimento e cheiro de sangue, fico à espreita e dou o bote. Satisfeito, descanso. Sinto cheiro de urina de outro macho na área. Acordo e mijo por cima nas áreas que o outro urinou. O outro aparece. Lutamos. Ele foge se esvaindo em sangue. Estou machucado, mas mantenho a pose viril. Toda noite sonho com um mundo caótico, onde a velocidade do tempo é mais veloz que a correnteza das águas do rio. Acordo tonto.
Postar um comentário