sábado, 22 de agosto de 2009



Imagem encontrada no google


" NASCI PARA SERVIR"

Tia Clotilde sempre dizia. Quando a irmã morreu, foi morar com cunhado e sobrinho. O marido da irmã a procurava de madrugada; ela estava sempre pronta a ajudá-lo. Quando ele casou novamente e começou a viajar bastante a trabalho, a nova esposa a procurava de madrugada; ela estava sempre pronta a ajudá-la. O sobrinho crescido a procurava de madrugada; ela estava sempre pronta a ajudá-lo. Quando o casal de gêmeos do segundo casamento do cunhado, já adultos, a procurava de madrugada; ela estava sempre pronta a ajudá-los. Um dia, tia Clotilde faleceu dormindo. Toda a família estava ali, deitada à sua volta, exaurida. Tia Clotilde se esforçara muito, mas foi arrebatada pelo último gozo.

Postar um comentário