terça-feira, 25 de agosto de 2009


Credito da imagem http://moquis.files.wordpress.com/2009/04/black_forest_large.jpg


ÁRVORES

surgiam MORTAS ao amanhecer. Muitos diziam que era o final dos tempos. De repente, todos no povoado começaram a valorizar e tentar cuidar das que sobreviviam ao ataque. No entanto, ele está longe. Constantemente migra de um lugar a outro. Pelas madrugadas, atravessa os bosques e aldeias adormecidas. Quando encontra uma bela árvore seus caninos crescem, cravando-os no caule, suga até a última gota de seiva.

Postar um comentário