quinta-feira, 27 de agosto de 2009


Cena do filme Alf, o sedutor.


SEM REMORSO

Era inteligente, todavia, não tinha sentimentos. Sua potência era vazia e o tédio que sentia o levava a se emaranhar em um labirinto de vícios e de pequenos delitos. Nunca se arrependeu de nada, nasceu desse jeito e estava satisfeito com sua vida.

Postar um comentário