quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

“SERÁ NOSSO SEGREDINHO”


Imagem encontrada no google



A avó sempre dizia isso para Antônio, que se sentia angustiado por esconder algo dos pais. O tempo passou e a avó faleceu. O menino, já um rapaz, continuava com a sensação de culpa, mesmo não se recordando o que era o segredo. As lembranças eram turvas. 

Um dia, quando uma tia com o filho pequeno foi a sua casa, teve a revelação. O garoto era diabético que nem a avó e, escondido de todos, comeu uma barra comum de chocolate. Quando viu Antônio, pediu segredo. O rapaz lembrou-se que a avó lhe pedia a mesma coisa. 

Contou tudo para família, libertando-se.
Postar um comentário