domingo, 15 de dezembro de 2013

NÃO


Imagem encontrada no google

Doutora para de me interpretar, venha para meu mundo; vamos namorar em cima de um dragão gasoso; quero você doutora, entra na minha loucura, sou louco por você; sai desse pedestal vem me sentir; quero colorir sua vida científica; por favor, doutora, fique despenteada e nua comigo e correremos despidos pela rua na alta madrugada; deixa de ser máquina e seja algo pulsante como eu, doutora...

***
Minutos depois: Uma mensagem no inbox:
 Presado Vladson  Cleberson, não é de bom tom publicar suas confissões nas redes sociais. Seus amigos e seguidores não entenderão o que acontece com você. Recomendei-lhe escrever um diário, para ajudar na terapia.
 Essa fixação em mim é temporária, na realidade, é uma transferência: Quando o paciente copia com o terapeuta os amores e os problemas de relacionamento enfrentados ao longo da vida. O acontecimento é uma aversão ao tratamento.
Falaremos disse na próxima sessão e por obséquio não se exponha e nem a mim. Tentei entrar em contado contigo no seu telefone fixo e no celular, mas não consegui, parecem que estão desligados. Não vai fazer bobagens. Ligue para mim, ok.









------
Uma curiosidade

Coisas de Eduardo Oliveira Freire...

Até pouco tempo não sabia o que era inbox:

"O novo visual da inbox do Facebook lembra bastante o Outlook.com, serviço de email da Microsoft. À esquerda, numa coluna mais estreita, há avatares e nomes de todas as pessoas com quem o usuário conversou recentemente. Mensagens, com fotos e emoticons, ficam à direita."
Postar um comentário