terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Morte





Escrevo-lhe esta mensagem numa rede social, porque não sei  por onde anda. É óbvio que estou de perfil falso, sou um imortal discreto. Mas, conhece meu paradeiro. Há vários séculos me rebelei contra você e ganhei a imortalidade. Mas, mesmo “jovem” sinto o peso do tempo. As lembranças não são precisas, só me recordo que era outro quando briguei contigo e tive a petulância de provocá-la. Na verdade, apesar da eternidade, morri diversas vezes e o que me sobra agora, nada. As pessoas queridas que se vão, levaram-me um pouco de mim para o túmulo. Não aguento mais ver todos indo embora e eu permanecendo. Por isso lhe faço um pedido, que somente agora tenho a humildade de pedir, leve-me! Imploro! Estou despido de soberba e orgulho. Entrego-me completamente nu a você. 
Postar um comentário