segunda-feira, 4 de julho de 2016

FOLHAS( escrito em 2015)


“Adoramos a perfeição, porque não a podemos ter; repugná-la-íamos, se a tivéssemos. O perfeito é desumano, porque o humano é imperfeito.” Livro do Desassossego, Fernando Pessoa

Sempre sonhou ter uma piscina de água azul no meio de uma área arborizada, batalhou muito para conseguir. Quando realizou o sonho, houve um pequeno senão.

Sucessivamente havia folhas boiando na piscina. Irado, mandava o cuidador limpá-la toda hora. Tinha que ficar intacta como em seu sonho.

Um dia, no auge de sua fúria, mandou arrancar todas as árvores ao redor da piscina. Triunfante, dormiu profundamente, entretanto, só teve um sonho que estava sendo perseguido por folhas em um labirinto de vidro. 

Na manhã seguinte, resolveu se banhar na piscina dos sonhos e ficou estupefato ao vê-la trasbordando de folhas.
Verificou todas as câmeras de sua propriedade e compreendeu que apareceram do nada.

Vencido pelo absurdo decidiu se desfazer a piscina.  Começou a pensar em outras aspirações de consumo.


Postar um comentário