domingo, 12 de junho de 2016

LEVE ( outra versão)

 Imagem encontrada no  google

A moça caminha e recita um poema em pensamento:
“Leve
Leve, leve, muito leve,
Um vento muito leve passa,
E vai-se, sempre muito leve.
E eu não sei o que penso
Nem procuro sabê-lo.” ¹

Atrás dela, um rapaz corre e uma brisa bate no seu rosto. De repente, sente-se confuso. Certas lembranças, pensamentos e sensações de outra pessoa brotam em sua cabeça. Vê alguém à sua frente se extinguindo.

***
¹- O Guardador De Rebanhos
Alberto Caeiro
08-03-1914



Postar um comentário