terça-feira, 8 de maio de 2012




FRAGMENTO OCEÂNICO

 Às vezes, quando não penso e só vivo o momento, fico misterioso. Transformo-me em coisa. Sinto-me mais perto do divino, como estivesse integrado nele.
Postar um comentário