terça-feira, 29 de dezembro de 2015

PONTO DE EQUILÍBRIO( miniconto antigo)





Apesar de muitos não a perceberem, achava-se fundamental à sua família. Pois, como não tinha uma beleza esfuziante da mãe e das irmãs, não comprometia a aglomeração de admiradores que alimentava o ego de cada uma delas.
Postar um comentário