quarta-feira, 11 de novembro de 2015

ACONPANHADA

Sunlights in Cafeteria de Edward Hopper 


Quando a viu sozinha, o homem pediu para se sentar. Na verdade, via-se acompanhada com suas lembranças e lhe disse que todas as cadeiras estavam ocupadas. Ele resmungou que era louca, mas nem ouviu. O papo estava muito revelador, pois, a cada diálogo um fato inédito surgia e o qual ela nem tinha se dado conta antes.

Postar um comentário