sábado, 17 de novembro de 2012

OCULTO



Cena do filme O homem elefante

Sempre estudou em colégio interno e, nas férias, visitava a fazenda dos pais. O lugar era imensidão e o garoto andava a cavalo por todos os recantos. O único lugar que não ia, era na ala dos empregados.

Anos depois, os pais já falecidos, retornou à fazenda. No jantar, revelou que pretendia vender a propriedade. Quando anunciou sua vontade, a velha empregada deixou quebrar a jarra de suco. Ele não compreendeu a razão do desespero. À noite, quando percebeu que a senhora estava ausente, resolveu ir à ala dos empregados para ter notícias dela.

Quando chegou lá, ouviu grunhidos. Seguiu-os para saber de onde vinham. Ao abrir a porta de um quarto, viu a velha empregada lendo um livro para um ser completamente deformado; assustado, perguntou quase gritando quem era.

Ela respondeu: “ Um anjo”.

Postar um comentário