quinta-feira, 15 de novembro de 2012

2:45



Imagem encontrada no google

 2:45

- Me dá um cigarro.

- Não fumo.

- Quem é você?

- Não interessa.

-Grosso!

- Por favor, só quero esperar meu ônibus sossegado.

- Seu pai tá me devendo!

-Cara! Nem sei quem é meu pai, você tá viajando.

- Me deve 40 reais.

- Vai à merda tô cansado.

- Comi sua mãe todinha.

- Não fala da minha mãe!

 -É uma safada!

- É a senhora sua mãe!

- Vou metê a porrada em você

- É... então toma!

Três tiros.

Um corpo na rua. O outro desaparece...


Horas antes...

Roberto fugiu do hospício. Queria voltar para casa, mas, no lugar havia um prédio. Não encontrou a família. A mulher e os filhos voltaram para o norte.

Carlos roubou a arma do tio policial, procurava o "desgraçado" que ficou com sua namorada na festa da praça.

Postar um comentário