quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Conto antigo



Imagem encontrada na net


Barbie 


A manina correu para cama dos pais:

– É hoje que vão levar a Barbie ao veterinário?

A mãe acordou primeiro, logo em seguida o pai. O dia estava ensolarado e os passarinhos cantavam nas árvores balançadas pelo vento. Na copa, quando tomavam o café da manhã:

– Querida, vi na tevê ontem sobre o massacre de Ruanda.

– Na África?

– Me parece ser guerras de tribos. Matam crianças e bebês...

– Que coisa horrível. Nem me conta, porque passo até mal.

– Realmente... Que horas que tá marcado com o veterinário.

– Às 10:00. Depois a gente deixa a Carol na minha mãe.

– Certo. Vamos à festa do Zé e da Marta?

– Sim. Eles são ótimos.

– Cadê a Carol?

– Tá com a Barbie no quintal.

Saíram de casa na hora prevista. Foram ao veterinário e deixaram a cachorrinha poodle Barbie no consultório. Ela ia ficar alguns dias internada.

– Mãe ela vai ficar bem?

– Vai sim. 

– Vamos ao cinema amanhã.–. Disse o pai.

Alguns dias se passaram. Barbie voltou contente e saltitante como sempre. O veterinário disse que ela se recuperou muito bem. O marido diz para mulher:

 – Eu não falei que ele era um puta profissional,  Fernando que o recomendou. 

A família estava reunida contente na sala. As pessoas que passavam perto escutavam risos e latidos de cachorro.

SEMANAS ANTES:

– Mãe!

Carol foi ao encontro da mãe, que ficou assustada com o desespero da filha.

– Um cachorro da rua tá batendo na Barbie.

A mulher foi acordar o marido, que logo pegou um espeto de churrasco. Quando saíram de casa, viram que o vira-lata estava montado na cadela de raça. O homem o ameaçou com o espeto de churrasco, o cachorro saiu de cima da Barbie e avançou. Para se proteger, o homem furou o olho do bicho, que conseguiu fugir pelo portão entreaberto ganindo. 

– Porra!!! Quem deixou esta porta aberta, foi você Carol?

– É que eu queria ir na casa da Lucia com a Barbie. Quando abri o portão. O cachorro foi direto nela.

– Querido, ela está nervosa, passou.

– Desculpa filho

...a poodle Barbie ficou prenhe:

– Querido, nem dando de presente, os nossos amigos vão querer. Filhotes mestiços são desvalorizados.

– E depois o que agente vai fazer com monte de vira-latinha. Deus me livre. Vou arranjar de qualquer maneira uma solução pra resolver essa rabuda...

– Então você vai resolver isso, querido? Ótimo.

Postar um comentário