segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Nova versão de um miniconto de uma ideia antiga


Foto: BÁRBARA
Sempre tinha uma rosa branca em sua vagina. Quando a roubavam, ela cultivava novamente a semente que germinava em seu sexo e uma nova  rosa branca surgia. Bárbara nunca se entregou, transbordava esperança.


Imagem encontrada na internet



BÁRBARA

Sempre tinha uma rosa branca em sua vagina. Quando a roubavam, ela cultivava novamente a semente que germinava em seu sexo e uma nova  rosa branca surgia. Bárbara nunca se entregou, transbordava esperança.


Postar um comentário