sábado, 8 de setembro de 2012





Coisas estranhas


Olha só gente, tem um cara que veio de outra realidade e disse que é filho de outra versão minha dessa realidade. Tecnicamente, sou pai dele?

Agora, tem um super-herói de outra realidade, que depois de uma tempestade cósmica caiu por aqui e cisma que sou um super-vilão, só porque na realidade dele o vilão é idêntico a mim. Já falei pra ele, que sou do bem e vivo a minha vida vivida. Saco! Além de um filho de um uma cara igual a mim de outra realidade, há alguém igual a mim que é muito malvado e o super-herói desta realidade quer arrumar quizumba comigo.

Gente! Minha vida não é revista em quadrinho, já falei isso!! Se pelo menos tivesse contato com mulher-gato ou a mulher maravilha? São estou encontrando “criaturinhas” desagradáveis. Não posso ser julgado o que minhas outras versões fazem no mundo delas. Sou inocente.

E o pior que fui outra vez demitido, porque  esse povinho de outras realidades adoram fazer barraco nos meus empregos. Conclusão, estou sempre me fodendo. 

Até quando vou aguentar essas desventuras. Pessoal, sou inocente! Sou apenas balzaquiano latino americano sem dinheiro no bolso que almeja uma casinha branca na mata para plantar e colher. Será que é tão difícil compreender isso.

Chega! Vou tomar meu remedinho...

Postar um comentário