quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Melados de pirulito(mini antigo)

Imagem encontrada no google



Paulinho muitas vezes não sabia os nomes das coisas, mas as sentia. Era uma tarde quente, a mãe como de costume foi buscá-lo na escolinha. Quando ia atravessar a rua, encontrou uma menina. Teve um súbito impulso de ir ao encontro da garota.
O sinal estava fechado. Ele largou a mão da mãe e se aproximou da menina. Dizendo: - Quer ser minha amiga? E lhe deu uma bitoca na boca. Sentiu um gosto de doce, os lábios da menina estavam melados de pirulito.
O sinal ficou verde, a mãe de Paulinho o pegou e repreendeu, mas no fundo estava emocionada: " Como ele é safadinho...". A outra mãe nem ligou, tinha pressa para preparar o jantar. O marido ia chegar de viagem. As duas crianças se despediram com uma troca rápida de olhares.

Nunca mais se viram.
Postar um comentário