quarta-feira, 1 de outubro de 2014

ESTRANHO NO NINHO





Tudo bem que vocês são flores e eu uma garrafa de plástico, mas me adotem, por favor. Fico inebriado com suas belezas efêmeras que sempre se transformam e, até quando murcham, continuam belas e com a aura de quando desabrocharam. Quanto a mim, sou descartável e imutável por vários anos. Através de vocês, descobri que vida e morte é uma só passagem, que movimenta o mistério do universo. Eu testemunharei tudo isso, sentindo admiração e inveja. 
Postar um comentário