domingo, 28 de outubro de 2012

MINICONTOS ANTIGOS SOBRE DESPEDIDAS


Imagem encontrada no googel



DESPEDIDAS

A BRISA DA ALTA MADRUGADA

Foi embora e a única companheira foi a brisa da madrugada.


NA RODOVIÁRIA

A mãe não vê mais o filho no horizonte. Tímidas lágrimas escorrem, desmanchando um pouco a máscara de mulher rígida. A filha mais nova finge não perceber. Olha o céu azul.

- ADEUS!!!

Ela foi embora sem hesitação. No início o esposo ficou triste. Mas depois, começou a ter um caso com a vizinha da frente, que era muito prendada e gostava de servi-lo. Já a antiga esposa virou cantora de bar e escritora de livros eróticos. Hoje em dia, os dois estão muito felizes.

Postar um comentário