terça-feira, 30 de outubro de 2012

HÓSPEDE


Cena da imagem de  A viagem de chihiro




Quando estava cansado de ficar num corpo, ia para o outro. Não era um parasita, mas hóspede. Ajudava até o dono do corpo em que estava através de pensamentos e sonhos. Pulava de corpo em corpo, vivenciando histórias que não eram suas.

Postar um comentário