domingo, 28 de outubro de 2012

DE REPENTE







Quando o sol atravessa meu quarto, meu coração dói de tanta alegria.
Postar um comentário