segunda-feira, 4 de junho de 2012




ETERNAMENTE ISABELA ROBERTA

Sofria por seu amor que a trocou por outra. Atravessava sua mansão sozinha e num profundo mar de lágrimas cristalinas. Apesar de ser uma mulher rica e poderosa, continuava a jovem que corria pela praia com seu vestido esvoaçante e transparente.

Nunca se esquecera de Lauro Luiz de La Vega, que a abandonou grávida e na miséria para casar com a moça rica. Isabela Roberta trabalhou muito como lavadeira e a noite, cantava mascarada num bar. Sempre foi muito religiosa e tinha vergonha de se apresentar num estabelecimento noturno. Seu nome artístico era Rosa Selvagem do Oriente Perdido.

Com o passar do tempo virou uma cantora de sucesso e reencontrou Lauro Luiz de La Vega, que começou a persegui-la. Então, ela ficou em conflito de ceder à paixão ou continuar a levar sua vida, cuidando do filho cego, surdo, mudo, paralítico e tuberculoso. Isabela Roberta se sente culpada, pois quando o filho adoeceu, não tinha dinheiro para o tratamento.

Quando Lauro Luiz de La Vega descobriu a verdade sobre o filho, ajoelhou-se e pediu perdão. Por milagre, o rapaz se curou e chamou Lauro Luiz de “ papai querido”. Isabela Roberta mesmo balançada resistiu em aceitar seu amor.

Quando Alba Angélica, mulher de Lauro Luiz de La Vega, tem um ataque de loucura e sequestra Isabela Roberta, Lauro Luiz se redime de todos seus erros e a salva do carro em chamas. Alba Angélica não aguenta ver tanto amor e cai do precipício chamando por Lauro Luiz de La Vega.

No final da novela, o casamente de Isabela Roberta e Lauro Luiz foi realizado. E o filho deles meio manco correu para abraça-los.

FIM

Postar um comentário