sábado, 4 de dezembro de 2010


DISFARCES
Tinha uma ideia fixa, mas não tinha consciência dela. Um dia, ao reler alguns textos seus, percebeu que todos tinham a mesma essência, apesar das diferentes palavras e estilos. Sentiu-se enganado, pois, esta ideia, pregou uma peça nele por anos.
Postar um comentário