domingo, 15 de maio de 2016

peso( conto antigo que reflete como me sinto neste momento)



"Nos indivíduos, a loucura é algo raro - mas nos grupos, nos partidos, nos povos, nas épocas, é regra." Fonte - Para além do Bem e do Mal Autor - Nietzsche , Friedrich 
“A loucura, longe de ser uma anomalia, é a condição normal humana. Não ter consciência dela, e ela não ser grande, é ser homem normal. Não ter consciência dela e ela ser grande, é ser louco. Ter consciência dela e ela ser pequena é ser desiludido. Ter consciência dela e ela ser grande é ser génio." Autor - Pessoa, Fernando 

...A noite está clara, o céu sem nuvem e a lua parece fantasmagórica. Na varanda todos falam de política, os rumos do país, corrupção e as injustiças sociais. Ouço distante, sinto-me cansado de ouvir as mesmas ideias, teorias e ideologias. De repente, lembro-me que de manhã vi uma mosca presa na teia de aranha, debatendo-se. Quis salva-la, mas não podia interferir na natureza. Saí, pois não queria saber de nada. Mas, a imagem da aranha se aproximando da mosca, cada vez mais me deixa agoniado, principalmente, quando vi meu rosto refletido na cabeça da mosca. Será que estamos presos em uma teia imensurável, prestes a se devorado por uma aranha descomunal? Já faz tempo que percebo que a casa está cercada de teias. Ensaio em avisar, mas ninguém se importaria, sempre fui considerado demente. Diferente da aranha animal que construiu a teia, em que a mosca estava presa, esta nos devora aos poucos, manipulando-nos com suas teias. A discussão entrou pela madrugada adentro e senti o peso do mundo, por ser o único sóbrio neste intervalo de tempo...


Postar um comentário