terça-feira, 8 de abril de 2014

Certidão de Nascimento

Imagem encontrada no google

O menino teve um pensamento de lâmpada acendendo e  saiu correndo  para pedir ao pai escrevente do cartório registrar seu amigo imaginário. Assim, tendo uma certidão de nascimento, ele iria existir de verdade. O pai quando ouviu o filho, coçou a cabeça e disse depois:
- Filho, para fazer a certidão, precisa-se do documento do hospital para saber o dia e a hora do nascimento dele.
- Então, a gente faz em casa.

- Filho, isso não está certo. Desde sempre é preciso respeitar as leis. Certidão só com estas informações, do contrário será uma farsa.
Postar um comentário