quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

VAZIO


Edward Hopper, Sun in an Empty Room, 1963


Tinha um amigo imaginário que se chamava Vazio. Quando estava cheio de tudo, ele aparecia e minha cabeça flutuava. Acho que até hoje, ele faz umas visitinhas, principalmente, quando estou estressado.
Postar um comentário