quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

DESCOBERTA


Imagem encontrada no google


Na varanda com iluminação parca desejava estar só. De repente, sentiu que alguém estava atrás dela e com uma respiração ofegante. Ficou enraizada e experimentou um turbilhão de sensações. Segundos depois, estava novamente sozinha na varanda escura. Desceu para encontrar a irmã que dançava na festa. Esta, ao vê-la, perguntou onde arranjara o colar que repousava em seu pescoço; respondeu, que uma amiga lhe havia emprestado, já que não tinha gostado da joia. A irmã também reparou uma leve mancha em seu vestido...

No quarto olhou-se ao espelho: viu uma bela mulher.

Postar um comentário