domingo, 18 de agosto de 2013

CABEÇA LONGE

 


Eduardo estava no gol, mas sua cabeça viajava para lugares distantes. Nem percebeu a bola na rede. Quando viram o menino levaram um susto, pois ele estava literalmente sem cabeça. Ela só voltou de noite. 

***
Ao som: 






Postar um comentário