domingo, 4 de setembro de 2011





DOIS LADOS DA MESMA MOEDA

- Sou mar.

­- Sempre foi presunçoso. Sou grão de areia.

­ ­­- Mas é tudo a mesma coisa. Somos reflexo um do outro.


Postar um comentário