quarta-feira, 14 de setembro de 2011







ABUSO


“SEJA BOAZINHA”

A mãe sempre dizia, quando arrumava a filha, que tinha lágrimas nos olhos. Não queria visitar "o velho asqueroso”. Mas, era obrigada. Quando chegava à antiga casa, sentia-se enojada. O senhor aparecia na porta e com um sorriso...

“ Droga, queria ficar com minhas amigas. Mas, tenho que aturar meu avô com suas histórias chatas e ser obrigada por ele a beijar a urna, onde estão  as cinzas da minha avó!”
Postar um comentário