sábado, 11 de julho de 2009


Imagem encontrada bo google


BARGANHA

– Não quero ficar na casa do vovô. Ele tem brincadeiras comigo que não gosto, papai.


– Filho, você tem que transformar tudo, até as coisas desagradáveis, em lucro para você. Eu ganhei muito com isso; principalmente, sendo o queridinho do seu avô. Era só eu abrir a boca que ele fazia qualquer coisa por mim. Porém, tudo tem um preço...

Postar um comentário