domingo, 12 de julho de 2009



NUMA ESTAÇÃO DE METRÔ EM QUALQUER LUGAR DA CIDADE:

– É você que vende poemas?

– Sim.

– Quanto custa um?

– Todos valem a alma.

Postar um comentário