quinta-feira, 21 de abril de 2016

Na festa dos gigantes





As taças eram deixadas  nas sacadas sob a luz do luar.  
Um nanico serviçal bebia escondido os drinks, pois tinha a sensação de sentir o gosto da lua. Quem o flagrasse o viria imenso a beijar a lua.



***


Postar um comentário