quarta-feira, 27 de abril de 2016

A AMANTE

EDVARD MUNCH




Laura sempre desconfiou que o marido lhe traísse. Um dia, seguiu-o a uma casa humilde e presenciou a cena de o marido caminhar com uma mulher enferma, sentada numa cadeira de rodas.

À noite, quando o esposo retornou, colocou-o contra a parede para revelar o que estava acontecendo. Ele contou que era uma jovem que conheceu antes dela e que ficou muito enferma. Logo, não teve coragem de desmanchar a relação, permanecendo anos como seu noivo.

Laura, perplexa, teve pena da moça e permitiu que o marido continuasse com a farsa. Entretanto, resolveu ser amiga da outra e pediu para o esposo apresentá-las, como sendo uma prima dele.

Com o tempo, ficaram amigas e a jovem doente, um dia, confessou-lhe um segredo:
“ Coitado de Jorge, sei que continua comigo por causa do meu estado; mas, não o amo mais. Estou gostando de outro, um vizinho vem aqui constantemente para me fazer companhia. Estamos a cada dia apaixonados. Não digo nada, porque não quero magoá-lo. Bem... você pode me ajudar a contar toda a verdade para ele?” 


Postar um comentário