segunda-feira, 23 de março de 2015

O SALTO NO ESCURO





Sou uma gota d'água que está prestes a cair no breu da noite. Aceitarei meu destino de ir ao encontro com o mistério. O instante da queda se aproxima, quero viver o momento de não agir e esperar a hora de ser lançado ao escuro. A escuridão que me aguarda é tão concreta e sou tão frágil.  Pela primeira vez, estou bem com minha solidão. Para saltar no escuro precisa estar só. O momento está chegando, o instante da queda. Tocarei o mistério sem tentar desvenda-lo, talvez, irei me tornar outro enigma. A hora chegou
Postar um comentário