sábado, 25 de janeiro de 2014

Macho Alfa

Imagem encontrada no google


Ele apareceu tímido como sempre, mas estava cansado de expulsa-lo do meu quarto. Andava por todo o recinto e me olhava meio desconfiado. Se eu não estivesse tão ruim, iria mostra-lo que não era bem vindo. Nunca o quis, mas tive que aturar sua presença. Ana e as crianças o adoravam. Aproximou-se e me deu uma lambida. Dormi, quando acordei, vi um cocô no meio do quarto. Cachorro maldito! Mas não tive coragem de castiga-lo severamente. Estava cansado de lutar, para não me afeiçoar ao cão. Ele venceu, dominou o último canto da casa.
Postar um comentário