domingo, 12 de janeiro de 2014

Amores roubados


Imagem encontrada no google

Em uma cidade, os habitantes deixaram de amar uns aos outros de repente. A indiferença era tanta que começou um aumento vertiginoso de suicídios e crimes terríveis. Todos se perguntavam por onde andava o amor e as autoridades começaram a investigar.

Através de um telefonema anônimo, descobriu-se o paradeiro do amor. Ele estava aprisionado num campo de força, feito por um cientista, que odiava qualquer manifestação de afeto. Considerava que só a razão tornaria o mundo melhor.

Enfim, foi preso e o amor liberado, tornando a vida de todos mais agradável.

O autor da denúncia foi sua noiva, que não suportava não amá-lo mais e ao ver o amor no cativeiro, ligou para polícia.


Postar um comentário