segunda-feira, 15 de abril de 2013

FOI EMBORA


 
Imagem encontrada no google

 “Respiro e abro os olhos para o desconhecido... Sou um fugitivo das ondas que desmancham meus castelos de areia.”

Depois de escrever esse  trecho, jogou-o fora. “Muito clichê, para começar uma história. Não sei o motivo, estou ficando vazio.”

No dia seguinte, esqueceu quem era.
Postar um comentário