sábado, 11 de agosto de 2012




ELA DIZ:

- Vem para mim, ratinho.

Deixo minha gaiola confortável.
Viajarei para o desconhecido de suas entranhas.

Postar um comentário