sábado, 10 de março de 2012

CONTO ANTIGO




Imagem encontrada no google



Ana Cláudia

Achava que seu amor mudaria o mundo. Começou a se corresponder com um presidiário que havia assassinado várias mulheres. Apaixonou-se por ele e o esperou sair do presídio, apesar da família ser contra. Hoje, mora com o amado e vive muito feliz. Às vezes, ele sai de noite para saciar seu desejo predador e retorna ao colo de Ana Cláudia. Milagrosamente, é a única pessoa amada por ele.
Postar um comentário