domingo, 8 de janeiro de 2012




- Você me assusta.

- Também estou assustado contigo.

- Por que continuamos juntos?

- Não sei, mas não tenho forças para me separar...

- Nem eu... Vamos lanchar! Tô com fome.


Postar um comentário