quarta-feira, 30 de março de 2011

segunda-feira, 28 de março de 2011

REPRISE



[untitled+32.bmp]



SUPOSIÇÕES

 

A mulher viu o marido se excitar com um mangá de uma jovem, que poderia ter a idade da filha do casal, e descobriu que ele tem vários desenhos deste gênero escondidos em suas coisas. Ela resolveu se separar e não deixar o pai ver a menina. Um dia, a mãe perguntou a filha se o pai lhe tinha feito alguma coisa, ela respondeu que não e que gostava muito dele. A moça saiu de casa, disse que iria sair com as colegas. Entretanto, esperou o pai na esquina; iriam a um evento de Cosplay.


Imagem encontrada no google






domingo, 27 de março de 2011




AMOR







Um homem segurando uma arma para proteger a família.


A fera que lambe a cria.


Um artista que se emociona ao ver sua obra terminada.


O cientista que descobre a cura de uma doença grave que salvará multidões.


A lua que ilumina dois corpos nus mergulhados no sono.


O cachorro que se esgueira pela casa e fica perto do berço, protegendo o bebê das assombrações.


A mãe que desliga os aparelhos do hospital a pedido do filho, dando-lhe o último beijo.


Alguém que de repente se olha no espelho e sorri, porque pela primeira vez se aceita como é.

















O ADMIRÁVEL MUNDO DAS PALAVRAS



Ao ler o breve texto, admirou-se com a beleza das palavras. Depois, voltou para casa com a calcinha rasgada. Pagou como pôde a dívida para o policial corrupto.

sábado, 26 de março de 2011



“ PAPAI, O QUE É PIOR? MORTOS VIVOS OU VIVOS MORTOS?”

COMPRA-SE FÉ

quinta-feira, 24 de março de 2011



VERDE

Arranjou um namorado, mas ele tinha uma aparência esverdeada. Não se importou, esperou-o amadurecer até cair do galho e se espatifar no chão. Recolheu os pedaços do amado, trasbordando alegria.

quarta-feira, 23 de março de 2011






EXTREMIDADES

Não sabia se estava sonhando mas, às vezes, via sua alma sair do corpo e se dividir em duas partes. Uma tornava-se um idoso e a outra, um menino. Davam-se as mãos e saíam pela noite adentro. Não entendia o motivo de ter esta visão, mas as pessoas que o conheciam diziam que ora parecia um velho, ora aparentava ser uma criança.

segunda-feira, 21 de março de 2011

domingo, 20 de março de 2011




– PAPAI, OLHA AQUI MEU PASSAPORTE.



– Não, filho! É só um livro.





PRECISA-SE URGENTEMENTE DE MÁRTIRES DE VERDADE

sábado, 19 de março de 2011



IMAGEM DE UM SONHO

Ando numa rua onde os transeuntes são halos. Sinto-me livre, pois me percebo aura também. A cidade em que estou não tem diferenças culturais, sociais, econômicas e de gênero.




...QUIMERA...



 Visita meus sonhos. Não sei sua origem e desfecho. Está entre duas reticências.

quinta-feira, 17 de março de 2011



La Vague de Camille Claudel


“ MAMÃE, AS PLACAS TECTÔNICAS DO PAPAI SE CHOCARAM NOVAMENTE E LÁ VEM A ONDA GIGANTE”







quarta-feira, 16 de março de 2011




RCULO



Sempre comprou espelhos redondos, pois quando se sentia perdido, gostava de se ver no centro de uma circunferência.

terça-feira, 15 de março de 2011

anel solitario prata

SOLITÁRIOS


Ele comprou um anel com diamante para fugir da solidão e teve momentos ilusórios de companhia nos braços da amada.





PARTIDO



Cortou-se ao meio, encontrando paz. Entretanto, os transeuntes ficavam aterrorizados ao verem duas metades de seu corpo saltitantes pela calçada.

sábado, 12 de março de 2011

REPRISE 2

[Juliette_Sade_Dutch[1].jpg]


Crédito da imagem: http://dionisioempedacos.blogspot.com/2008/02/o-divino-libertino-marqus.htm




LASCIVO

Em sua época, realizou seus desejos mais profanos e era considerado um revolucionário. Hoje, ao ver tudo que fez e suas idéias transformadas em fetichismo barato para consumo, resolveu se refugiar no celibato.



Prefácio

Às vezes fico pensando num conto, principalmente quando sai muito ruim. Este conto As estrelas Brilham Intensamente, na primeira versão, ficou muito fraco. Quase o deletei, porém não o fiz com a esperança de melhorá-lo. Hoje, fiz uma nova versão, menos melodramática. Talvez, saiu outra merda. Todavia, a tentativa de escrever outra vez é uma forma de aprendizagem. Continuarei tentando...



"A fantasia não é exatamente uma fuga da realidade. É um modo de a entender." (Lloyd Alexander) Ps: Não sei se autoria desta citação procede, mas concordo com ela e ponto final.















ANDRÔMEDA

Desde menino já me percebia diferente. Os outros garotos implicavam comigo, alguns homens me olhavam esquisito. Além de eu não gostar disso, meus pais começaram a achar a minha beleza uma maldição. Deixavam-me careca, compravam roupas sóbrias e me colocaram nas aulas de futebol. Não adiantou, à medida que crescia, aumentava o fascínio ou repulsa que as pessoas tinham por mim.


Nesta época, começou a passar na televisão um desenho sobre guerreiros que protegiam uma Deusa contra as forças do mal. Havia um personagem com o qual me identifiquei; sua constelação era Andrômeda, que antes havia sido uma princesa mitológica, acorrentada a um rochedo para ser devorada por uma besta que vivia no fundo do mar. A personalidade do guerreiro se assemelhava com o mito da formação de sua constelação protetora, era bondoso e estava sempre disposto a se sacrificar para salvar o mundo. Ele usava correntes que reproduziam a nebulosidade da constelação de Andrômeda e as utilizava só para se defender e lutar contra os vilões. A armadura que vestia era rosada e o molde lembrava um corpo feminino. Já, os outros meninos da minha idade queriam ser os guerreiros com mais força de combate.


As pessoas me cobravam um posicionamento do que eu era. Não entedia a razão da cobrança. A pergunta frequente era se gostava de homem ou de mulher? Eu não sabia responder, nunca pensei nestes assuntos. Estava às voltas com minha imaginação, escrevendo e desenhando reinos de criaturas fantásticas. Eu chorava com cada criação de uma personagem e me apaixonava por elas, não por suas formas físicas, mas a essência. Uma vez, me disseram que eu era uma aparição. Talvez, estivessem corretos.


Outro dia, meus pais me contaram que na noite que me fizeram estava muito estranha. Quando transavam, ele se sentia ela e ela se sentia ele. Nunca sentiram um prazer tão intenso. Minha mãe deixou escapar que deve ser coisa do demo. Eu disse que não, posso ser uma quimera.


Com o passar do tempo, fui me tornado alheio a tudo e a todos. Passava horas, visitando os meus reinos de princesas, unicórnios, guerreiros, sereias e gigantes. De vez em quando, sentia que mãos alisavam minha pele e comentavam que estava cada vez mais sensível como uma pétala. Eu nem ligava continuava na minha travessia.



Um dia, de repente, me vi preso numa caixa escura. Senti uma pontada de medo. Aí, abriu-se na escuridão uma fenda para o universo. Emocionado, vi que era a nebulosa de Andrômeda e ao longe ouvi o barulho da corrente do cavaleiro de Andrômeda, salvando-me. Fiquei transbordando de felicidade, posso viajar pelo universo e visitar sem pressa meus reinos encantados através das correntes do cavaleiro de Andrômeda. 

sexta-feira, 11 de março de 2011



FLORA




Havia períodos que não sonhava e se sentia ressequida. Quando um sonho aparecia de repente, amanhecia coberta de pensamentos-flores.




CONHECIMENTO MISTICO



Cansado de tentar superar as obsessões que se acumulavam em sua cabeça e as intermináveis sessões com o analista, rendeu-se aos conhecimentos místicos de sua mãe.  A senhora fez um busto do filho e o mandou, através do olhar, projetar nele todas as obsessões que o atormentavam. Com o passar do tempo, sentia-se feliz e leve, mas evitava ver a forma monstruosa do seu busto.

quinta-feira, 10 de março de 2011





Monólogo de uma Sombra de Augusto dos Anjos

"Sou uma Sombra! Venho de outras eras,

Do cosmopolitismo das moneras...

Pólipo de recônditas reentrâncias,

Larva de caos telúrico, procedo

Da escuridão do cósmico segredo,

Da substância de todas as substâncias

quarta-feira, 9 de março de 2011




– PAPAI, POR QUE VERIFICA TANTO SEUS E-MAIS? ESTÁ ESPERANDO UMA MENSAGEM DA MAMÃE?



– Não filho, a mamãe está muito perto de nós, ela não precisa dar recados.


Abraça o filho e olha fixamente para janela que dá para o jardim, onde a terra foi mexida recentemente.

terça-feira, 8 de março de 2011





QUIMERA

Vasculhando vídeos na internet encontrou um clipe de uma cantora francesa. Apaixonou-se por ela e o revia várias vezes.

O clipe contava a história de uma mulher desesperada por chamar a atenção do homem amado e este nem estava aí para ela.

Chamava o cara do clipe de bundão e que se estivesse no seu lugar, proporcionaria múltiplos orgasmos para a cantora. Mesmo não entendendo nada de francês, ele viajava na sua voz sussurante.

Com o passar do tempo, sonhava que estava dentro do clipe fazendo sexo selvagem com a cantora francesa, que ele nem sabia pronunciar o nome.




.








Guerreiro


Mesmo com o coração em pedaços, veste-se de palhaço e alegra crianças e adultos do campo de refugiados.






– VOCÊ É QUE NEM ESTA ROCHA, NÃO MUDA NUNCA.



– Como pode dizer isto, ela mudou durante séculos com o vento a tocá-la.




VIVIANA GERTRUDES

Caminha pela praia com seu vestido esvoaçante... Quando de repente encontra Ricardo dos Anjos, um jovem médico e de família rica. Ela corre para o seu amado, os dois se abraçam, porém, Ricardo dos Anjos tem uma revelação: “ Eu estou apaixonado por minha bá, Cremilda Lucrécia.”. Viviana Gertrudes fica perplexa, a bá Cremilda Lucrécia tem oitenta anos. Triste e sozinha continua a correr pela praia, mas seu coração ainda tem esperança de encontrar outro amor.




segunda-feira, 7 de março de 2011

[psique_in_garden.jpg]


O MITO AINDA ESTÁ AQUI

Todas as noites Psiquê recebe a visita de um mascarado e se entrega aos prazeres mais loucos. Um dia, curiosa desvenda que o mascarado é seu irmão mais novo. Desesperada coloca fogo no seu corpo e no do irmão, para purificar suas almas. Jornais e revistas falaram do caso até se degastar, muitos se impressionaram com a história incestuosa dos irmãos. Porém, ninguém viu as duas almas se fundirem através das chamas a atravessar o céu estrelado.

domingo, 6 de março de 2011




PIQUE ESCONDE



Quanto mais escrevia, ele se escondia e se revelava ao mesmo tempo. De repente, começou a se ver um caleidoscópio no espelho.


BANHOS



A criança pequena amparada pela mãe se delicia com a água do chuveiro.


O solitário se conforta no abraço da ducha quente.


Os irmãos brincam com seus bonecos, imaginando que estão escalando as pedras de uma enorme cachoeira.


Amantes se fundem na água corrente


A água que transporta a alma do corpo sem vida...



A novela conta a história de JAMILA JAMILY VITORIA, uma jovem pura e inocente que muitos a apontam como a Deusa da Fertilidade. Ela fica muito fragilizada com a revelação e vai buscar ajuda do jovem antropólogo cultural Luís Fernando de La Vega que só tem 32 anos( Dudu Oliva).



Trilha sonora: Vivo por ella - Andrea Bocelli y Marta Sanchez



Meu amigo Dudu, às vezes cansa muito ser perfeita e bela. Quero ter problemas de gases, peidar na banheira. Desejo falar mal dos outros e dizer o que não é politicamente correto. Almejo me lambuzar na maçã envenenada da bruxa. Querido amigo, existe uma pantera sedenta de aventuras dentro de mim. Ser mocinha de novelas e filmes significa ter na maioria das vezes uma vida chata ao lado de um homem perfeito em demasia. Confesso que sonho com o carrasco que tem um machado enorme e que decepa minha cabeça. Acordo sobressaltada. Antes, eu pensava que o desejo e o nojo eram contrários, mas são dois lados da mesma moeda. Amigo amado, que bom que posso desabafar contigo. Sinto-me leve e pura novamente. Mande notícias!


Abraços de sua querida amiga


VANESSA KASSANDRA JERUSA


sábado, 5 de março de 2011







FUGITIVO

 
Quando estava sem inspiração, resolvia pegar um conto que sempre fugia de suas mãos. Nunca conseguia capturá-lo. Ele se escondia numa caverna do seu inconsciente.





sexta-feira, 4 de março de 2011



Versão filmada de um microconto

quinta-feira, 3 de março de 2011



– MAMÃE!



– Que foi?


– O tio vomitou palavras e agora minha camisa está suja de letras.


– Caramba! Ele sempre vomita palavras quando a inspiração o ataca.




 


PREGUIÇA


Muitos perguntam o motivo de ele sempre estar com a aparência cansada já pela manhã. Não sabem da batalha campal que ele trava todas as manhãs com a preguiça peso pesado, que o acompanha desde a tenra idade.


terça-feira, 1 de março de 2011




LADO SELVAGEM

Diferente das outras pessoas as palavras não o levava para razão, pelo contrário, conduzia-o ao seu lado selvagem. Quando ele entrava no escritório para escrever, a mulher trancava-o a chave. Os filhos ficavam assustados com os rugidos que vinham atrás da porta. A mãe sempre recomendou nunca entrar no recinto e, para não ser desobedecida, mostrava a cicatriz do pescoço. Ao amanhecer, o homem batia na porta. A esposa destrancava e abraçava o marido de roupas rasgadas. Na mesa do escritório, um calhamaço de manuscritos repousava ao lado do computador.





REPRISE " SÉRIE SUSPIROS DO TIO"







"SUSPIROS DO TIO"




Gostava quando o tio se apaixonava por uma artista de cinema. O amor platônico que ele cultivava transformava seus suspiros em doces deliciosos.