domingo, 27 de março de 2011




AMOR







Um homem segurando uma arma para proteger a família.


A fera que lambe a cria.


Um artista que se emociona ao ver sua obra terminada.


O cientista que descobre a cura de uma doença grave que salvará multidões.


A lua que ilumina dois corpos nus mergulhados no sono.


O cachorro que se esgueira pela casa e fica perto do berço, protegendo o bebê das assombrações.


A mãe que desliga os aparelhos do hospital a pedido do filho, dando-lhe o último beijo.


Alguém que de repente se olha no espelho e sorri, porque pela primeira vez se aceita como é.














Postar um comentário