quinta-feira, 24 de março de 2011



VERDE

Arranjou um namorado, mas ele tinha uma aparência esverdeada. Não se importou, esperou-o amadurecer até cair do galho e se espatifar no chão. Recolheu os pedaços do amado, trasbordando alegria.

Postar um comentário