sábado, 17 de julho de 2010




LONGÍNQUO




Fascinada pelo universo, considerava tudo insignificante...

***
Alguns clientes estranhavam aquela prostituta de olhos distantes.

Postar um comentário