sábado, 26 de setembro de 2015

Outras dimensões

Imagem encontrada no google


Há um lugar bem distante, onde as pessoas precisam trabalhar não só para se sustentar, mas, para existir literalmente. Quem deixa de trabalhar se dissipa no ar e desaparece na memória da família, amigos e dos registros.

Existem casos peculiares como no caso de um rapaz que largou tudo, sumindo sem seguida. Entretanto, sua ex-noiva nunca o esqueceu. Sempre manda sinais como um passarinho na janela olhando fixamente para ela, uma borboleta no quarto, uma leve brisa balançando as cortinas mesmo nos dias abafados e sem vento.


Mesmo que não se recorde dele fisicamente, ela tem ciência de sua existência e que a ama de seu jeito, acompanhando-a em outras dimensões... 

***


Postar um comentário