sábado, 24 de janeiro de 2015

PRAZER E CULPA

Imagem: Reprodução/Internet
Imagem encontrada na internet

Sai de casa armado até os dentes e atira nas crianças que correm em frente à sua casa, fazendo sua cachorra latir. Vai à comunidade próxima da rua onde mora e com uma granada explode o som de funk-pagode-forró nas alturas. Em seguida, metralha todos que encontra pela frente. De repente, se vê em um campo florido e o silêncio ecoa dentro dele, sentindo um gozo profundo.
***

Ao ver o marido com o rosto esboçando prazer, a mulher fica enciumada e o acorda braba.

- O que estava sonhando?!
- Nada.
- Sei...
Ele fica com medo de contar o sonho, pois o achariam um monstro. Logo, para amenizar a culpa, vai até o armário e escolhe algumas roupas que não usa mais para doá-las, assim, sente-se um homem bom.



Postar um comentário